Minimalismo

Minimalismo: Como ter mais tempo e mais dinheiro aplicando esse conceito simples

Nesse artigo você vai aprender sobre o conceito de Minimalismo e como ter mais tempo e mais dinheiro aplicando esse conceito simples.

Eu confesso que a primeira vez que eu escutei a palavra minimalismo eu fiquei muito tentado e atraído para saber mais o que é isso. Eu já até gravei um vídeo há algum tempo lá no meu canal do Youtube sobre as explicações que também darei a seguir.

Mas o fato, é que hoje, vivendo há 3 anos esse estilo de vida, eu posso te dizer com toda certeza que ele trouxe inúmeros benefícios para a minha vida e a vida da minha família.

O minimalismo nos fez ganhar mais dinheiro e reduzir drasticamente o nível de estresse no nosso dia a dia, e isso foi algo realmente libertador.

Para mim e para a Luana foi um processo, e dizemos que ainda estamos no caminho para uma vida cada vez mais minimalista, mas já chegamos no ponto de mudar para um apartamento com metade do tamanho que tínhamos e, daqui a alguns meses estaremos nos mudando novamente, dessa vez para um Motorhome (mas isso é assunto para um próximo post).

Então vamos aos tópicos desse post.

 

Você já ouviu falar sobre minimalismo?

Minimalismo é um estilo de vida que vem sendo falado muito ultimamente e que não sei ao certo quem que começou com esse conceito, mas eu acredito que exista desde sempre.

 

O que é ser minimalista?

Muita gente explica esse conceito como você viver com o mínimo necessário para que você possa ter um bem estar muito maior, para que você possa ter uma simplicidade no seu jeito de olhar para a vida e de encarar as situações da vida.

Muita gente que adota esse estilo de vida tem como relato que consegue se tornar uma pessoa muito mais feliz, pois a preocupação com aparência e bens materiais é muito menor e isso faz com que a pessoa passe a focar mais em quem realmente é e quem deseja se tornar no futuro.

Viver de forma minimalista vai fazer com que você desfrute muito mais da vida e dos recursos naturais, focando em SER alguém melhor e não necessariamente em TER coisas que façam se sentir melhor.

E o que eu falo é em um sentido mais amplo mesmo: O que realmente te faz feliz.

 

Segundo um artigo da BBC News, o Minimalismo cria mais liberdade para a vida de quem o pratica.

Minimalismo
Pessoas abastecem seus egos na mesma medida com que abastecem seus guarda roupas

 

As pessoas que vivem esse estilo de vida, explicam que quando desapegam dos bens materiais passam a curtir mais a si mesmo. E quantos de nós não vivemos em uma pressão interna, de ter que trocar rapidamente de produtos para ter sempre o mais novo, o mais atualizado.

Já vi muitas pessoas falando: preciso ganhar dinheiro para comprar um novo celular, e muitas vezes fazem parcelamentos a perder de vista de um dinheiro que nem possuem.

Ou seja querem comprar algo, sendo que elas já possuem esse “algo”, está bom e atende as necessidades.

Na maioria das vezes essa vontade de compra está relacionada ao sentimento de pertencimento ou até mesmo para se comparar com alguém.

Para mim, o conceito minimalista é você aproveitar muito mais o que a vida tem para te entregar, o bem estar que você pode encontrar em você mesmo, de dentro para fora.

Esse estilo influencia na mentalidade das pessoas, pois passamos a desapegar das coisas e se apegar mais nas relações, com nós mesmos e também com as outras pessoas.

Vivemos mais o nosso momento presente, e isso não significa que você vai construir um futuro que você não vai precisar de dinheiro, pois você realmente precisará dele, mas principalmente que você passará a ter uma relação mais leve com ele (o dinheiro).

 

O dinheiro é usado como um meio para alcançar a prosperidade e não para comprar mais e ter mais.

 

Para os escritores Joshua Fields Millburn e Ryan Nicodemus, autores do documentário Minimalism: A Documentary About the Important Things (“Minimalismo: um documentário sobre as coisas que importam”, em tradução livre), que retrata a vida de pessoas que vivem apenas com o essencial, o minimalismo é um comportamento que torna pessoas mais importantes que as coisas que elas têm.

 

O minimalismo amplia muito a nossa mentalidade em relação a viver realmente a vida, e para mim é viver a vida com simplicidade.

 

Eu não acho que esse conceito foi inventado, mas sim descoberto, ou redescoberto.

Muita gente está olhando para isso, pelo fato de que o stress e a autocobrança nos dias de hoje, são tão grandes que a pressão chegou no limite, e com isso as pessoas passaram a procurar um estilo de vida que as fizessem mais leves e felizes.

 

O que é importante para ter uma vida mais minimalista?

Ser minimalista facilita muito as nossas escolhas.
Por exemplo: O que conseguimos economizar quando não temos um armário cheio de roupas?
Primeiro lugar: DINHEIRO
Segundo lugar: TEMPO
Eu acredito que quanto mais a gente tem, mais dúvidas são geradas na hora da escolha. Gera dúvidas no que você vai decidir, o que você vai usar, quando vai usar…

A ideia do minimalismo não é de forma alguma pregar uma vida de miséria, usando apenas trapos e ficar sem opções, mas acredito que quando você usa esse conceito minimalista você para de focar em comprar todas as opções, produtos, equipamentos, e passa a ter mais daquilo que realmente importa, com a qualidade que realmente te agrada.

 

Conclusão

Vivemos com poucas opções, mas opções de qualidade, e por isso conseguimos fazer sobrar mais dinheiro, e esse pouco nos economiza tempo.
A combinação de tempo e dinheiro é essencial no processo de construção de uma vida com mais liberdade financeira. Dessa forma conseguimos desfrutar mais do momento presente e das experiências que a vida tem para nos oferecer.
Como eu disse no início desse artigo, eu tenho cada vez mais desenvolvido essa mentalidade, tenho cada vez mais me desapegado de coisas e me apegado cada vez mais em experiências.

 

A reflexão que eu quero deixar aqui para você é:

O que você pode fazer mais tornar a sua vida mais simples, para desapegar de alguma coisa que talvez esteja te prendendo em alguma situação e para que você possa viver de forma mais leve e saudável?

E se você considera que já vive uma vida minimalista, parabéns por colocar esse conceito em prática, pois é necessário um desprendimento muito maior em relação ao seu ego, do que dos seus bens materiais.

Rodrigo Camargo

Investidor, empresário e viajante

>